Reforma da Previdência e anistia ao caixa 2 estão entre os destaques do Pequeno Expediente desta quarta-feira, 15

Vereador é líder do PDT na Câmara Municipal. Foto: Genilson Lima.

Reforma da Previdência
Pelo pequeno expediente da sessão ordinária desta quarta-feira,15, o vereador Iraguassú Filho (PDT) voltou a destacar os prejuízos para a população caso a PEC 287 seja aprovada pela Câmara dos Deputados. O parlamentar ponderou sobre as possíveis consequências das mudanças proposta pela reforma da Previdência Social e convocou a sociedade civil e os vereadores a participarem da manifestação que acontece na manhã de hoje, na Praça da Bandeira.

“Essa reforma proposta pela PEC da escravidão, que a gente não se cansa de vir à tribuna para questionar, vai tirar o direito do trabalhador de se aposentar. O que existe é um problema de desvinculação das receitas, os números estão postos e acredito mais nos auditores-fiscais do que no Ministério de Planejamento, que afirma ter um deficit. O real interesse dessa PEC é fortalecer o capital através de um ativo chamado previdência privada e dar eficiência a quem sonega. Temos que nos unir e nos mobilizar para pressionar os deputados contra essa reforma.”, frisou.

Evaldo Costa integra a bancada do PRB no Legislativo – Foto: Genilson de Lima

O vereador Evaldo Costa (PRB) também se manifestou contrário à reforma previdenciária e chamou atenção dos pares para o tema. Segundo o parlamentar, a Câmara Municipal de Fortaleza precisa se mobilizar junto com os Sindicatos, ONGs e a sociedade civil para debater as consequências da reformulação proposta.

“Somos totalmente contra, principalmente da maneira que ela está sendo imposta pelo governo golpista. Para se aposentar com 65 anos, a pessoa tem que começar a trabalhar com 16 anos e de carteira assinada. É lamentável impor isso para a população. É uma proposta imoral. Esperamos que esta Casa e os pares possam se mobilizar, assim como a população, os Sindicatos e as ONGs já vêm fazendo. A gente sabe que o povo quer a reforma, mas a da Presidência e não da Previdência.

 

Vereador é 2º vice presidente da Câmara Municipal. Foto: Genilson Lima.

Obras no Bom Jardim
O vereador Didi Mangueira (PDT), 2º vice-presidente da Câmara Municipal de Fortaleza, destacou a inauguração do Centro de Educação Infantil Professor Agostinho Gósson, no Grande Bom Jardim, que contou com a presença do Prefeito Roberto Cláudio (PDT) e de alguns vereadores de Fortaleza. Didi Mangueira destacou o trabalho que vem sendo desenvolvido pelo prefeito naquela região e ressaltou a satisfação da comunidade com mais um equipamento educacional para o Bom Jardim.

 

O vereador integra a bancada do PR na Câmara Municipal – Foto: Genilson Lima.

Anistia para Caixa 2
Já o vereador Idalmir Feitosa (PR) condenou a doação de recursos por caixa 2 e ratificou que essa ação é fraude. O parlamentar explicou que sua manifestação é devido ao projeto que tramita no Congresso Nacional que pretende anistiar o caixa 2.

Idalmir afirmou que os parlamentares devem entender que a política é a ciência e a arte de bem administrar, e que anistiar o caixa 2 é aceitar a permanência da corrupção.

“É oficializar o roubo, a corrupção. Eu condeno totalmente. Na reunião de hoje, espero que Gilmar Mendes, o presidente Temer, Eunício Oliveira e Rodrigues Maia tomem uma decisão exata de moralização e ética, fazendo com que o caixa 2 seja condenado e todos aqueles que tenham se envolvido com isso não sejam anistiados.”

 

Dr. Porto integra bancada do PRTB no Legislativo – Foto: Genilson de LIma

Regularização do Atendimento do Instituto do Câncer 
O vereador Dr. Porto (PRTB), que também é presidente da Comissão de Saúde da Casa, informou que a partir de hoje o Instituto do Câncer do Ceará está retomando o atendimento ao SUS. Dr. Porto explicou que a Prefeitura de Fortaleza participou de uma reunião com representantes do ICC, intermediado pelo Ministério Público, e que no encontro foi acordado o pagamento de parte da dívida do Executivo.

Ainda segundo o vereador, um cronograma de pagamento será feito e em setembro as partes voltam a conversar em uma nova reunião. “O problema era a falta de um contrato atualizado. Dinheiro existe. O ICC é um hospital completo, é um dos hospitais mais importantes do Ceará, quem sabe até do Brasil.”, pontuou.

 

Assessoria de Imprensa
Anna Regadas
Câmara Municipal de Fortaleza – CMFor
Fone: + 55 85 3444.8304
Instagram: @cmforoficial
Twitter: @camaracmf
Facebook: https://www.facebook.com/cmfor/