Legislativo acolhe profissionais de creches conveniadas com a PMF

Comissão de vereadores acolhe profissionais de educação. Foto: Érika Fonseca

Uma comissão especial de vereadores se reuniu na manhã desta terça-feira, 5 de setembro, com profissionais que trabalham em creches conveniadas com a Prefeitura de Fortaleza. O tema principal foi sobre o atraso de recursos que não eram repassados para as creches. No fim da reunião, foi encaminhado que amanhã uma comissão dos profissionais que trabalham nas creches e uma comissão de vereadores, se reunirão com a Secretária de Educação para chegar a uma solução que funcione para todos.

De acordo com o Presidente do Instituto Bela Vista, Carlos Benvindo, das 81 creches conveniadas com a PMF, 58 decidiram fechar as portas por conta do atraso de recursos. Segundo ele, há creches que estão sem receber o repasse desde maio deste ano.

“Não tem como creche funcionar porque a maior parte dos funcionários não mora próximo, tem que estar pegando ônibus e eles não tem mais recursos porque a maioria é chefe de família, o único recurso que eles tem é o que recebe do trabalho, mas se eles não recebem, como que vão se manter, como vão trabalhar?”, indagou.

A vereadora Eliana Gomes (PCdoB) esteve presente na reunião que acolheu os profissionais que trabalham nas creches e afirmou que a situação é difícil para todos, especialmente para as crianças que frequentam as creches, pois muitas vezes a alimentação da creche é a única alimentação das crianças.

“São quase 6 mil crianças que estão em casa por conta disso. E muitas dessas crianças não tem sequer uma alimentação em casa, muitas dependem da alimentação da creche. É uma discussão profunda e eu vou realizar uma audiência no dia 26 de setembro às 14h30 para aprofundar ainda mais essa questão da educação infantil em Fortaleza”, comentou.

Representando o Executivo, vereador Dr Porto (PRTB) achou justa as reivindicações apresentadas e conseguiu como encaminhamento, uma reunião para amanhã às 16h30 com a Secretária de Educação pra procurar resolver a situação atual o quanto antes. “É uma reivindicação justa. Quem cuida de criança sabe que não dá pra esperar. A criança é o início de uma vida que a gente tem que tratar muito bem na parte de educação e na parte da alimentação. Temos que procurar resolver esses problemas que no momento está afetando este pessoal que trabalha dignamente”, afirmou.

Assessoria de Imprensa
Felipe Macedo
Câmara Municipal de Fortaleza – CMFor
Fone: + 55 85 3444.8304
Instagram: @cmforoficial
Twitter: @camaracmf
Facebook: https://www.facebook.com/cmfor/