Câmara realiza Sessão Solene em comemoração Jubilar dos 100 anos de aparição de Nossa Senhora

Vereador Jorge Pinheiro faz a entrega do certificado ao Padre Ivan Foto: André Lima

A Câmara Municipal de Fortaleza realizou nesta quarta-feira (17), Sessão Solene em comemoração jubilar dos 100 anos de Nossa Senhora de Fátima. A homenagem foi proposta através do requerimento 0171/2017 de autoria do vereador Jorge Pinheiro (PSDC), aprovado por unanimidade pela Casa Legislativa. A sessão foi presidida pelo vereador Jorge Pinheiro, no ato representando o presidente da CMFor, vereador Salmito Fiho (PDT).

A mesa da sessão foi composta pelo deputado Carlos Matos (PSDB), deputado Ely Aguiar (PSDC), vereadora Marília do Posto (PRP); Padre Ivan, Pároco do Santuário de Nossa Senhora de Fátima; Paulo Sérgio, do conselho ecumênico do Santuário de Nossa Senhora de Fátima; Domingos Sávio, da Pastoral de Liturgia do Santuário; José Arimatéa, coordenador do Terço dos homens do Santuário.

Em sua saudação aos presentes, o vereador Jorge Pinheiro disse que esse é o ano Mariano. Observou que o papa Francisco disse que tanto Portugal como o Brasil vivem essa comemoração. Tanto pelos 100 anos da aparição de Nossa Senhora em Fátima, como pelos 300 anos de Nossa Senhora Aparecida. “Esse é um momento próprio do povo fortalezense, que em sua maioria é católica. É um momento de preservação da fé e o resgate de sua história. Fortaleza tem raízes marianas. Muitos podem não conhecer os fatos do surgimento de nossa capital”, observou o vereador.

Segundo ele, Fortaleza tem muito mais que 291 anos. “Em 1654 houve a expulsão dos holandeses, que estavam em Fortaleza e foi solicitada a vinda de uma imagem de Portugal. A imagem foi de Nossa Senhora da Assunção, que chegou na Barra do Ceará, e de lá foi feita uma procissão até o Forte Schoonenborch que foi rebatizado como Forte de Nossa Senhora da Assunção. Desse forte que se originou o nome de Fortaleza de Nossa Senhora da Assunção. Por isso, podemos dizer que Fortaleza tem mãe. Reivindicamos que essa data seja a comemorada como inicio de nossa cidade”.

O parlamentar observou que durante este ano, vai propor comemorações de vários títulos dados a Nossa Senhora. “Essa homenagem tem o objetivo de comemorarmos juntos com vocês a fé. Nesse momento é preciso voltarmos à nossa mãe. Naquela época, quando ela apareceu para os pastorinhos, o mundo estava num momento de grande sofrimento para a humanidade, que foi a 1ª guerra mundial. Hoje, não podemos dizer que vivemos uma guerra, mas Fortaleza vive um tempo de violência. Por isso, que queremos celebrar essa fé para que nossa cidade se torne a capital da paz. Queremos dedicar nossa cidade à Nossa Senhora, que por sua interseção, Jesus Cristo instale a paz no coração de todos os fortalezenses”, rogou.

O vereador Jorge Pinheiro disse ainda que o momento é importante para declarar “que queremos crer, adorar, amar e esperar por aqueles que não creem, não adoram, não amam e não esperam no Nosso Senhor. Hoje fazermos um convite para celebrarmos, comemorarmos, mas também rezarmos juntos por nossa cidade, para transformar Fortaleza na cidade da paz. Deus vos abençoe, Deus abençoe Fortaleza!” concluiu.

Em seguida, foi apresentado um vídeo sobre a Paróquia de Nossa Senhora de Fátima. O vereador Jorge Pinheiro concedeu fez a entrega de um certificado pelo Jubileu à Paróquia e Santuário de Fátima, que foi recebido pelo Padre Ivan. O cerimonial fez a leitura de um breve currículo do homenageado: Francisco Ivan de Souza nasceu no município de Barbalha, no estado do Ceará. Aos 27 anos de idade ordenou-se Padre. Estudou Filosofia e Teologia durante 6 anos no Instituto Teológico Pastoral do Ceará. Foi licenciado em Pedagogia pela UECE – Universidade Estadual do Ceará, em 1994. Formou-se em Administração Escolar para exercício nas escolas de 1.º e 2.º graus, em 1996 pela UECE – Universidade Estadual do Ceará. É especialista em Planejamento Educacional e Mestre na área de Educação em Saúde.

Como professor lecionou nos Colégios Santa Cecília e Dorotéias, em Fortaleza, e em duas Universidades: UVA e UNIFOR. Como Presbítero, Padre Ivan de Souza atuou na Diocese do Crato: Paróquias Nossa Senhora da Penha, Nossa Senhora de Fátima e São José Operário (Ponta da Serra). Foi Assessor da Pastoral de Juventude da Diocese do Crato. Passou ainda pela Paróquia de São José e Paróquia Nossa Senhora de Fátima.

Padre Ivan iniciou suas atividades na Arquidiocese de Fortaleza em 1993. No Seminário de Teologia foi Ecônomo e Formador do Seminário. Na Paróquia Nossa Senhora da Glória, no bairro Cidade dos Funcionários foi Vigário Paroquial durante 3 anos. Esteve à frente da Paróquia Nossa Senhora da Conceição, no Conjunto Ceará, como Pároco durante 6 anos. Foi Pároco também da Paróquia Imaculado Coração de Maria, no bairro Henrique Jorge, por 6 anos. Desde 2008, Padre Ivan de Souza é Pároco da Paróquia e Santuário Nossa Senhora de Fátima, em Fortaleza, capital do Ceará.

Padre Ivan de Souza ainda exerce diversas atividades atualmente. É Membro do Colégio de Consultores da Arquidiocese de Fortaleza, Membro do Conselho de Pastoral e Presbiteral da Arquidiocese de Fortaleza, Coordenador de Pastoral da Arquidiocese de Fortaleza e Coordenador da Pastoral Litúrgica do Regional Nordeste I.

Em seguida, o deputado Carlos Matos proferiu umas palavras. Ele destacou que esteve em Israel, no Santuário da Anunciação e disse ser emocionante saber que o mundo mudou muito desde então. “É bom ver que Deus está vivo e está agindo. O pior é virar as costas para os problemas. Quando vemos a terra de Nossa Senhora de Assunção ter índices tão alarmantes de violência. Que resposta poderíamos ter se não fosse o amor. As vezes queremos separar a vida, a economia, a sociedade de Deus, mas não há autoridade constituída que não tenha sido permitida por Deus”, frisou para conclui que o Ceará é uma das terras mais religiosas do país. “O Cariri com Padre Cicero e agora com Nossa Senhora de Fátima, já que foi erguida lá, a maior imagem de Nossa Senhora no Mundo, proposta de autoria do deputado Ely Aguiar, vai estourar com tanto turistas. Que Deus continue abençoando aquela terra e a todos nós”.

O deputado Ely Aguiar também se pronunciou na solenidade. Ele parabenizou o vereador Jorge Pinheiro pela iniciativa de celebrar esse momento. Destacou o trabalho que vem sendo feito pelo vereador na Câmara, sendo ele uma das gratas surpresas. “O Estado precisa do aparecimento de novos valores, com credibilidade” pontuou. Ele destacou o processo de construção da imagem de Nossa Senhora de Fátima no Cariri, fruto de um projeto de sua autoria. Afirmou que o monumento foi erguido numa região chamada de Barro Branco que é uma área muito pobre.

“Pensei em construir naquele local para proporcionar a inclusão social daquela população. O prefeito doou um terreno de 40 mil m². Corri atrás de recursos, existe uma verba parlamentar, então fiz uma emenda e propus uma estatua de 53 metros, toda em fibra de vidro. A obra foi embargada em várias vezes. Tive o apoio do Padre Edmilson. O Ministério Público, e um cidadão evangélico tentaram impedir a obra e depois a empresa abriu falência. Levei oito anos para fazer essa obra, que foi inaugurada graças a Deus. Estive com Camilo Santana e pedi a urbanização. Consegui o projeto de Portugal e o local deve ser inaugurado em 13 de outubro. O local é conhecido como Praça do Sol, mas o nome oficial é Madre Esmeralda”, revelou.

Observou o deputado, que no dia 13 de maio, aconteceu no local, uma missa celebrada pelo padre Edmilson para 3.500 pessoas. Disse que o monumento recebe, em média, 10 ônibus com visitantes. “A população lá tá ganhando dinheiro com lanches e outros serviços. É uma obra que veio para contribuir para o turismo religioso. Ouvi dizer que o governador vai construir a maior imagem de Santo Antônio do mundo e o prefeito de Campos Sales, outra imagem de Nossa Senhora. A fé é importante, aproxima as pessoas e gera oportunidades. Quero parabenizar o Jorge Pinheiro pela iniciativa, por lembrar esse momento religioso, pois muitas pessoas vivem tão distante de Deus e acabam se tornando pessoas vazias e as vezes selvagens!”, finalizou.

Ato contínuo foi dada a palavra ao homenageado da noite, Padre Ivan. “Em nome da Paróquia e do Santuário, queremos agradecer a presença de todos e toda a rede de comunicação da Câmara. Hoje para nós é uma noite mariana e que ela possa estar muito mais presente em nós e que possamos agradecer a Deus, O Senhor fez em nós maravilhas, Santo é seu nome. Agradecemos ao presidente da Casa, Salmito Filho e ao vereador Jorge Pinheiro pela autoria do requerimento que proporcionou essa homenagem”, asseverou.

Frisou que é celebrado o centenário das aparições de Maria, em Portugal, e hoje o mundo vê Maria como uma representante da estirpe humana, em que Deus cumpriu a promessa de trazer o Messias ao mundo. Ela foi escolhida por considerar-se a última. Nós a chamamos de bem aventurada, por causa de sua perfeita humildade. Ela é Maria de Nazaré. Ela teve coragem de dizer sim, para ser mãe de Jesus e de toda a humanidade. A mãe que caminha conosco. Ele é nossa referencia maior e ela nos acompanha. Maria é discípula por excelência. nesse contexto, que a igreja no Brasil, através da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) lançou o ano nacional mariano, que concluindo em 11 outubro de 2017. Em comemoração aos 300 anos do encontro da imagem de Nossa Senhora Aparecida no rio Paraíba do Sul, por pescadores. Deus ofereceu ao Brasil a sua própria mãe. Os pescadores tornam-se missionários, compartilhando com os vizinhos a graça recebida”, observou.

O padre Ivan disse que o Ano Mariano vai fazer crescer o fervor dessa devoção. “Segundo a CNBB, o ano Mariano Nacional e a visita da imagem de Nossa Senhora às dioceses, estão produzindo bons frutos. Ocorre uma jubilosa demonstração da fé e fortalecimento da caridade. Segundo o Papa há um estilo mariano na atividade da igreja. Nela vamos ver que a humildade e as virtudes não são demostrações dos fracos, mas dos fortes. Na época do aparecimento da imagem no Brasil, o país vivia a escravidão. Hoje vive a violência. Irmão não pode escravizar irmãos”.

Já nas aparições de Nossa Senhora, em Fátima no ano de 1917 para os três pastorinhos, que eram crianças pobres, o mundo vivia a destruição da humanidade, por ocasião da primeira guerra mundial. “Nossa Senhora manifesta o seu coração ferido, pela falta de fraternidade e seu pedido é de penitência e oração. Ela traz a palavra “irmão não pode matar irmão”.

Destaca que hoje, é tempo de gratidão, de graça. “Nosso espírito glorifica o Senhor pois ele preenche os mais importantes desejos do coração e a promessa de uma vida plena. Maria goza em sua glória e caminha pela Jerusalém Celeste. Damos graças ao Pai, que nos traz a promessa de ressurreição, já cumprida na glória da vida. Que essa Casa Legislativa, independente da fé, lembre que Maria é a mãe que recebe a todos. Que a mãe de Jesus nos acompanhe sempre na mesma fé, como disse sua prima Isabel, feliz de ti que acreditar-te”, concluiu suas palavras.

No final o vereador convidou a todos os presentes que rezassem por Fortaleza e pela paz, pedindo a interseção de nossa senhora. “Precisamos romper com a corrente do ódio, da mágoa e isso só ocorre com o reconhecimento de todos, que somos filhos de um mesmo pai e mãe celestiais. Podemos colocar nosso coração nas mãos de Nossa Senhora. Um dia Fortaleza vai ser conhecida no mundo como a cidade da paz e isso começa hoje aqui, nos colocando nas mãos de nossa senhora”, concluiu a solenidade com uma oração proferida por todos os presentes.

Assessoria de Imprensa
Marcelo Raulino
Câmara Municipal de Fortaleza – CMFor
Fone: + 55 85 3444.8304
Instagram: @cmforoficial
Twitter: @camaracmf
Facebook: https://www.facebook.com/cmfor/