Acrísio denuncia crescente número de casos de assédio e abuso sexual no transporte coletivo de Fortaleza

Vereador Acrísio Sena é vice-líder do PT na Câmara. Foto: Érika Fonseca

Pelo tempo do Pequeno Expediente, na sessão ordinária desta terça-feira, 5, o vereador Acrísio Sena (PT) denunciou o crescente número de crimes de abuso e assédio sexual contra as mulheres dentro dos transportes coletivos de Fortaleza. O parlamentar protocolou o requerimento nº 3015/2017, solicitando a realização de audiência pública, a fim de discutir com os órgãos competentes medidas efetivas e ações permanentes para coibir esse tipo de crime.

“Hoje trago à Tribuna um tema que tem chamado atenção aqui em Fortaleza no tocante ao assédio e abuso sexual que faz parte da realidade das mulheres que utilizam o transporte coletivo em Fortaleza. Tem sido crescente o número de episódios. Nós sabemos que 74% da população de Fortaleza anda de ônibus, e dessa porcentagem, mais de 80% corresponde ao público feminino.”, ressaltou.

O parlamentar pediu o apoio da Comissão de Direitos Humanos da Câmara Municipal para cobrar ações permanentes a fim de coibir a prática desse crime. “Protocolei um pedido de audiência pública e queria pedir a Comissão de Direitos Humanos que pudesse abraçar essa causa em nome das mulheres que sofrem assédio e abuso sexual dentro dos ônibus. Não podemos permitir que esse tipo de atitude perpetue. Portanto vamos convocar o Sindiônibus, a Delegacia da Mulher, as Coordenadorias da Mulher e demais órgãos para debatermos ações de enfrentamento ao assédio e abuso sexual no transporte coletivo de Fortaleza.”, frisou.

Assessoria de Imprensa
Anna Regadas
Fone: +55 85 3444.8304
Instagram: @cmforoficial
Twitter: @camaracmf
Facebook: http://www.facebook.com/cmfor